18/03/2019 - HGG promove palestras e atendimentos à população sobre Dia Mundial do Sono



Neurologista, especialista em Medicina do Sono de Brasília, R. Nonato Rodrigues abriu o ciclo de palestras com o tema “Como o sono afeta o envelhecimento”. Edição especial do Saúde na Praça também fez parte da programação

O Hospital Estadual Alberto Rassi – HGG sediou na noite de quinta-feira, 14 de março, um ciclo de palestras aos profissionais de saúde em alusão ao Dia Mundial do Sono. As palestras ocorreram no Auditório Dr. Luiz Rassi, no 5º andar. O neurologista, especialista em Medicina do Sono de Brasília, R. Nonato Rodrigues abriu o ciclo de palestras com o tema “Como o sono afeta o envelhecimento”.

O especialista mostrou ao público como a ciência do sono avançou nos últimos anos. “Há 30 anos nós não sabíamos direito o que era a medicina do sono. É uma área muito recente, mas nós conseguimos avançar nas especificidades do conhecimento do sono e, consequentemente, na fisiologia cerebral, com isso, temos feito o diagnóstico e tratamento de diversas doenças que antes eram consideradas intratáveis por essa especialidade. A medida que os critérios de diagnóstico ficam mais determinados, conseguimos levar o paciente a um melhor tratamento”, pontuou.

De acordo com o neurologista, problemas com o sono se tornaram ao longo do tempo um problema de saúde pública. “O sono é de fato uma necessidade imperiosa. As pessoas devem buscar a qualidade no sono para que possam prevenir doenças como, por exemplo, hipertensão e diabetes que, atualmente, são grandes fontes de gastos para o governo”, e, complementa com um alerta para a população: “devemos dividir nossa rotina de vida como deveria ser: 8 horas para trabalhar oito para divertir e oito para descansar”.

O fisioterapeuta respiratório e especialista em sono, Dácio Pereira de Almeida, encerrou o ciclo de palestras orientando sobre ‘Como Dormir bem?’. Segundo o fisioterapeuta, a principal queixa dos pacientes atualmente é com relação à insônia. “Hoje, 45% da população brasileira tem problema de insônia. O sono interfere em todas as nossas atividades de rotina, precisamos estimular nossa produtividade do sono”, destacou.

Saúde na Praça

Na sexta-feira, 15 de março, foi realizada uma edição especial do Saúde na Praça alusivo ao Dia Mundial do Sono. Os profissionais atenderam 120 usuários na tenda, montada em frente ao HGG. Foram oferecidos serviços como aferição de pressão arterial, IMC e avaliação da circunferência do pescoço, orientações médicas com neurologistas e especialistas do sono, com fisioterapeutas, nutricionistas e psicólogos, além de aplicação de pesquisa sobre qualidade do sono com o público que será atendido. Entre as orientações, recomendações para que as pessoas possam desenvolver hábitos mais saudáveis para melhorar a qualidade do sono.

O aposentado Ivaldo Ferreira de Melo, de 65 anos, tem problemas para dormir e faz uso de medicamentos, ele sofre com apneia do sono e insônia e aproveitou a manhã para receber a orientações dos profissionais. "Foi ótimo porque falei com todos os médicos. Isso aqui é mais do que importante, é bom porque esse atendimento que tive aqui vai me ajudar muito, porque se eu fosse num postinho ia demorar demais", disse.




Quer receber notícias e novidades do Idtech diretamente no seu e-mail?

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

© IDTECH - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS