18/01/2019 - Secretário Municipal de Saúde visita o Case de Anápolis



Lucas Leite conheceu a unidade e disse que vai buscar estabelecer parcerias com o Idtech para viabilizar os atendimentos de saúde no local

Nesta sexta-feira, 18 de janeiro, o secretário municipal de saúde de Anápolis, Lucas Leite, visitou o Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Anápolis com o intuito de estabelecer parcerias e oferecer atendimentos de saúde no local.

O coordenador executivo do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech), organização social que administra a unidade, José Cláudio Romero, acompanhado do coordenador geral da unidade, Frederico Martins, apresentou toda a estrutura física, especialmente a seção destinada aos atendimentos médicos e ambulatoriais.

Atualmente, os adolescentes que cumprem medidas socioeducativas de internação na unidade, quando necessitam de atendimento médico, precisam se deslocar escoltados até uma unidade de saúde básica.

“É a primeira vez que eu entrei aqui e fiquei surpreso com a organização por parte da administração do Case. Nosso objetivo é firmar uma parceria com a Instituição para fortalecer o tratamento de saúde desses jovens, oferecendo atendimento digno de profissionais como dentistas, médicos e atendimentos regulares, garantindo a cidadania para eles”, destacou o secretário.

O Case de Anápolis acolhe hoje 45 adolescentes em conflito com a lei e, uma das maiores dificuldades, segundo a enfermeira da unidade Elaine Sodré, é levar esses jovens para atendimento médico externo. “A demanda da saúde é muito grande e acaba impactando o serviço de outras áreas, como a assistência social, por exemplo, que precisa sair com os adolescentes para a confecção de documentos”, explicou.

A enfermeira disse ainda que a parceria com a Secretaria Municipal de Saúde deve otimizar não só o segmento, mas influenciar positivamente na dinâmica de todo o Case. “Estrutura nós temos, o que falta são os profissionais. Essa parceria vai ajudar muito todo o Case, pois teremos os profissionais aqui dentro, evitando as saídas, que acabam prejudicando os demais serviços”, disse.

O secretário deve acionar diversas áreas da sua pasta para que parceria se estabeleça e os atendimentos iniciem o quanto antes na unidade socioeducativa.




Quer receber notícias e novidades do Idtech diretamente no seu e-mail?

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

© IDTECH - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS